CAPA 3700X
Destaques

Comprei um Ryzen 7 3700X pro meu PC Gamer, melhor processador que tive! (vs 1700X)

Ryzen 7 3700X

Upgrade para a TecnoArt. Adquirimos o Ryzen 7 3700X para substituir o antigo processador, Ryzen 7 1700X de primeira geração. Um excelente investimento para o canal, que irá se traduzir em melhores testes, vídeos e possibilidades.

CPU-Z do novo Ryzen da TecnoArt
CPU-Z do novo Ryzen da TecnoArt

O Ryzen 7 3700X chegou para dar um melhor suporte aos testes com equipamentos mais poderosos, como as novas placas de vídeo da Nvidia e em breve também as da AMD.

Detalhes do Ryzen 7 3700X
Detalhes do Ryzen 7 3700X

O novo Ryzen, lançado em 7/7/2019, tem os mesmos 8 núcleos e 16 threads do 1700X, mas com muita otimização em sua construção, tendo 7 nm, clock de 3.6 GHz, suporte a PCIe 4.0 e um TDP de 65W. Um menor consumo de energia e muito mais poder de processamento.

Unboxing do Ryzen 7 3700X
Unboxing do Ryzen 7 3700X

No gráfico a seguir, expomos mais diferenças com relação ao Ryzen 7 1700X:

Gráficos comparativos
Gráficos comparativos

Fizemos os testes e comparativos com o novo processador, confrontando o antigo Ryzen 7, usando a poderosa placa de vídeo RTX 2080 SUPER, somado aos 32GB de memória RAM DDR4.

CS GO Full HD
CS:GO em Full HD

Iniciamos os testes preliminares com o CS:GO, que pede muitos FPS para ser competitivo, com as configurações gráficas no alto, Full HD e os FPS ficaram entre 260 a 270 quadros por segundo, com um frametime liso e muito baixo de 3ms.

O Ryzen trabalhou em 15% de uso, com 53 ºC de temperatura, chegando à frequência de 4.3 GHz e a GTX ficou em 39%, com 35 ºC.

Colocamos os gráficos no baixo, mas não houve muita diferença nos resultados, mantendo o CS:GO bem competitivo.

Gear 5 jogo para esquentar
Gear 5 em teste preliminar

Outro teste preliminar foi com o Gears 5, usando as configurações gráficas no ultra, Full HD e os FPS se mantiveram entre 120 a 150 quadros por segundo.

O Ryzen ficou em 52%, com 70 ºC de temperatura e a RTX ficou com o uso em 80%, com 53 ºC.

Passamos os gráficos para o alto, forçando mais o processador e ele passou para um uso de 63%, com uma temperatura de 76 ºC. Temperatura maior, proporcional ao maior poder, mas bem otimizado no consumo, entregando um FPS mais alto, chegando aos 159 quadros por segundo. A placa de vídeo trabalhou em 71%, com 54 ºC.

Comparativo com Far Cry 5

Far Cry 5
Far Cry 5

Agora, iniciando os comparativos, com o pesado e atual Far Cry 5 (modo benchmark), jogo de mundo aberto que rodamos com as configurações gráficas no alto e em Full HD, com os dois processadores e o Ryzen 7 3700X, mesmo tendo um uso igual ao 1700X, 34%, a sua otimização e frequência maiores fizeram a diferença, pois os FPS ficaram numa média de 121 quadros por segundo, contra os 87 do 1700X.

Comparativo Far Cry 5
Comparativo Far Cry 5

A RTX teve um uso maior com a 3700X, em 84% (56 ºC), contra os 64% (53 ºC) em conjunto com a 1700X.

Comparativo com Gears 5

Gear 5 comparação
Gears 5

Finalizamos os comparativos com o pesado Gears 5, com as configurações no alto e novamente em Full HD.

A operação otimizada do 3700X é nítida, “empurrando” muito melhor a placa de vídeo, aproveitando todo o seu poder. A conclusão disso ficou evidente nos FPS de 144 quadros por segundo na média e um frametime totalmente liso de 7ms. O novo Ryzen trabalhou em 47% de uso, com uma temperatura de 71 ºC, frequência de 4.2 GHz e a placa de vídeo em 88%, com 57 ºC.

Comparativo Gears 5
Comparativo Gears 5

O 1700X também teve um uso na casa dos 45% (52 ºC), mas menos otimizado, trabalhou com a RTX (57% de uso, com 50 ºC) de uma forma que os FPS ficaram com uma média de 89 quadros por segundo, longe do desempenho do 3700X.

Comparativo processadores

Uma excelente performance do novo Ryzen da TecnoArt, que fará muita diferença nos futuros testes e comparativos do canal.

CPU Cooler Ryzen 7 3700X
CPU Cooler Ryzen 7 3700X: Wraith Prism with RGB LED

COMPRE SEU RYZEN 7 3700X:

COMPREI UM RYZEN 7 3700X PRO MEU PC GAMER, MELHOR PROCESSADOR QUE TIVE! (VS 1700X)

Qual sua reação?

TOP
1
Feliz
1
Amei
2
Não sei
0
Não gostei
0
José Antonio Rubino
Formado em Eletrônica. Trabalha com tecnologia desde os anos 90 e também faz trabalhos voltados ao jornalismo, participando por exemplo do primeiro CD-ROM da revista Exame. Participa do programa OgroTech de tecnologia da web rádio Opção News da grande São Paulo.

    You may also like

    More in:Destaques

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *