PC Gamer da Crise para rodar vários jogos! Montagem e teste GTA V, Fortnite e mais! (PC 1)

É possível em 2020, em meio a uma pandemia e dólar alto (hoje na casa dos 5 reais!) montar um PC razoável para jogos e poder se divertir sem gastar muito? É o que a TecnoArt vem tentar esclarecer com algumas ideias e sugestões.

Em nosso PC da CRISE, usamos a plataforma AM3 (AMD) com o processador AMD Phenom II X6 1055T (codinome Thuban) de 2010 com 6 núcleos físicos e 6 threads (núcleos lógicos). É uma CPU um pouco mais antiga, mas que tem um bom desempenho e preço, sendo mais barato que um processador um pouco mais novo, como o FX 6300, mas com o mesmo desempenho.

A nossa sugestão também conta com a placa mãe da Asus M5A78L LE compatível com processadores AM3 e AM3+, 8 GB de memória RAM, para o armazenamento escolhemos um HD de 500 GB e uma boa fonte de 430W da marca EVGA.

Nesta sugestão não podemos esquecer que o cooler para o processador não pode ser muito simples, mas algo razoável para dar conta de um processador antigo e que esquenta um pouco.

Para a placa de vídeo escolhemos a GTX 960 com 2 GB de RAM, lançada em 2015 que pode ser encontrada por um bom preço e que tem um bom desempenho.

Planilha do nosso PC da Crise

Na mesma linha de ideia de placas de vídeo baratas também podemos sugerir outras como a GTX 950, GTX 970 ou até a RX 470 que podem ser um bom acompanhamento neste conjunto sugerido.

Os testes começaram com um jogo muito pedido: Fortnite, onde usamos os gráficos nas configurações médias (podendo arriscar um pouco em alta) e em Full HD onde ficou bem jogável alcançando números acima dos 90 FPS, chegando em alguns momentos a 117 FPS de máxima e não forçando muito nem processador ou placa de vídeo.

Em seguida testamos o também muito pedido GTA V com a configuração gráfica em médio e Full HD. Ficou muito bem jogável, sem travamentos e os quadros por segundo (FPS) ficaram em torno dos 55 em cenários mais pesados do jogo.

Placa mãe plataforma AM3

O próximo nos testes foi o jogo Battlefield 1 (lançado em 2016), onde usamos os gráficos em médios e Full HD novamente. O PC se saiu muito bem, rodando em torno dos seus 60/66 FPS.

Com a mesma configuração acima também testamos o jogo Project Car 2 e o nosso PC da “Crise” também foi muito bem, com bons gráficos e a marca entre 60 a 70 FPS. O detalhe é que o setup não aqueceu muito e se manteve estável.

O último jogo a ser testado foi o CS GO que com as mesmas configurações (gráfico em médio e Full UD) tem um desempenho um pouco acima dos 60 FPS, ficando bem jogável.

PC da Crise encarou bem o desafio!

Para jogos mais atuais esta configuração não é recomendada, pois a limitação do processador Phenom II impede, por exemplo, que o WarZone possa ser carregado ou o Forza Horizon 4, mas não impede uma boa diversão com bom processamento e desempenho para outros jogos, como analisados acima.

Reforçamos que é apenas uma sugestão para um PC Gamer da Crise onde todas as peças do setup têm que ser muito bem pesquisadas nas principais lojas, pois os preços dos usados, principalmente, variam bastante. O importante é pesquisar muito nesse momento.

PC GAMER DA CRISE PRA RODAR VÁRIOS JOGOS! CONFIRA:

1 Comment
  1. Gabriel says

    Olá!
    Poderiam me ajudar com um upgrade?
    Minha config atual:
    – Processador A8-7600 (FM2+)
    – GPU integrada Radeon R7 240 (2GB)
    – 12GB de RAM DDR3
    – HD 1TB
    – SSD 60GB

    Gostaria de rodar tranquilo os jogos: Life is Feudal MMO, Euro Truck Simulator 2, The Forest.
    Por isso, estou pensando em trocar para o processador X4 870k (mesma arquitetura) e também adquirir uma RX 470.
    Consideram esse upgrade uma boa? Tem alguma outra sugestão? Obrigado!!!

Leave A Reply

Your email address will not be published.