Placa mãe poderosa pra Core i5, Core i7! B460M AORUS é incrível demais

A GIGABYTE nos enviou mais uma excelente placa mãe da linha AORUS, a B460M AORUS PRO (Chipset B460 de 2020), para que pudéssemos testar os processadores de 10ª geração da Intel (soquete LGA1200) e assim aproveitamos para dar uma boa olhada nela.

O excelente cuidado com os detalhes já começa pela caixa da B460M, sendo uma marca da GIGABYTE e da sua linha AORUS.

Unboxing B460M AORUS PRO
Unboxing B460M AORUS PRO

A caixa com muitas informações externas, continha dois cabos SATA, manual, CD de instalação, além, lógico, da placa mãe muito bem acondicionada em embalagem antiestática.

Ela possui 1 ano de garantia, importante lembrar.

Placa AORUS sempre muito bem construída
Placa AORUS sempre muito bem construída
Detalhes da B460M AORUS PRO
Detalhes da B460M AORUS PRO
Ultra Durable PCIe Armor - Proteção extra para o slot PCIe
Ultra Durable PCIe Armor – Proteção extra para o slot PCIe

Construção robusta, com PCB reforçado e com excelente acabamento, a B460M AORUS PRO tem muitos detalhes para reforço da sua estrutura como o acabamento do PCIe X16 com uma blindagem em aço e conectores de alimentação com pinos sólidos. Detalhes que acompanham toda estrutura do projeto.

4+2 fases na série 400 das placas mães da GIGABYTE
4+2 fases na série 400 das placas mães da GIGABYTE

A tensão para os novos processadores da Intel (10ª Geração) tem que ser precisa, por isso a placa mãe conta com 4+2 fases para o processador e todos os capacitores são de estado sólido.

2 conectores para SSD M.2
2 conectores para SSD M.2

É uma placa bem completa, podendo receber dois SSDs M.2 diretamente na placa mãe, tendo um dos slots a proteção térmica de um dissipador robusto, além de um terceiro conector padrão M.2 para receber um módulo WIFI. Tem também 4 slots de memória com capacidade para receber módulos de até 32GB cada, totalizando 128GB.

Painel traseiro
Painel traseiro, bem completo
Proteção contra ruído de áudio
Proteção contra ruído de áudio

Além do conector PCIe X16 com uma “armadura” de aço, temos também um PCIe x1 e outro PCIe X4, 6 conectores SATA e no painel traseiro possui uma porta USB Tipo-C, 3 portas USB 3.2 (mais duas internas), 2 portas USB 2.0 e mais quatro internas USB 2.0/1.1, conector para rede RJ-45, três tipos de saídas de vídeo (DisplayPort, DVI, HDMI), botão Q-Flash Plus para atualização do BIOS, PS/2 (porta do teclado/mouse) e 6 tomadas de áudio para utilizar o som de alta qualidade Realtek (Codec Realtek ALC 1200) que pode receber sistemas até 7.1.

BIOS de qualidade para controle total
BIOS de qualidade para controle total
RGB Fusion 2.0
RGB Fusion 2.0

Outro ponto a ser destacado nas placas da GIGABYTE e principalmente na sua linha AORUS são os softwares de controle e personalização do sistema, desde um BIOS completo, passando pelos ajustes térmicos (Smart Fan 5) e até mesmo para a manipulação do visual com o RGB Fusion 2.0.

Conectores hibridos para ventiladores ou water coolers
Sensores térmicos e conectores híbridos para ventiladores ou water coolers
Detalhe do conector hibrido
Detalhe do conector hibrido

O projeto térmico da placa é bem robusto, contando com 6 sensores de temperatura, 4 conectores híbridos para conectar tanto ventoinhas como water cooler, por exemplo. Sem falar da principal proteção térmica: os dissipadores robustos para o VRM, protegendo o processador e o seu calor de operação no processamento.

Detalhes da proteção térmica
Detalhes da proteção térmica no VRM

Para testar a placa mãe e seu controle térmico, montamos o nosso setup com o processador Intel Core i5 10400 F que possui 6 núcleos e 12 threads, TDP de 65W para colocá-lo em operação máxima e medir o resultado das temperaturas.

i5 10400 F instalado
i5 10400F instalado para os testes

Iniciamos os testes utilizando o programa Cinebench 20, em seguida estressamos o processador no CPU-Z durante 30 minutos, em todos os seus núcleos, e o processador i5 passou dos 25 ºC iniciais para uma média máxima de 64 ºC, mas a temperatura no VRM ficou na média de 30 ºC e nas bobinas permaneceu em 32 ºC.

Ótimo controle de temperatura
Ótimo controle de temperatura

A proteção térmica funcionou muito bem no caso de nosso i5 de TDP baixo (65W), mas mesmo a placa estando pronta para receber até o i9, e sendo ela com perfil intermediário, acreditamos que os processadores mais fortes e muito quentes da linha Core da Intel (i7 10700K ou i9 10900X) necessitem de uma placa AORUS muito mais robusta e proteções extras para a dissipação de calor. Em nossos testes, o i7 10700K precisou de muitos cuidados, pois aquece demais.

Conectores detalhados para o painel frontal
Conectores detalhados para o painel frontal, qualidade em todos cantos da placa

A B460M AORUS PRO é uma excelente placa da GIGABYTE, sendo muito completa, mas seria indicada realmente para o uso dos Core i3, i5 e com muita cautela nos processadores i7 com TDP de 65W como o i7 10700, por exemplo, pois, como dissemos anteriormente, os processadores topo de linha da Intel esquentam demais.

PLACA MÃE PODEROSA PRA CORE I5, CORE I7! B460M AORUS É INCRÍVEL DEMAIS

Deixe uma resposta

8 + = 16