CORE i7 10700K em jogos se sai bem? Veja teste em Games e Benchmark! Com a Z490 AORUS!

O ano de 2020 marca a chegada dos processadores de décima geração da Intel, entre eles, recebemos para testes o i7-10700K da empresa Gigabyte com uma placa mãe top de linha da marca a Z490 Aorus Master.

O i7 de 10ª geração evoluiu muito desde o seu primeiro modelo que foi lançado em 17 de novembro de 2008 com arquitetura Intel Nehalem. Fabricado no Arizona, Novo México (EUA), ele possuía 4 núcleos e 8 Threads, clock de 2.80GHz, com 45nm e TDP de 95W.

Hoje, o modelo que recebemos da Gigabyte, i7-10700K (codinome: Comet Lake), é um processador de alto desempenho, possuindo 8 núcleos e 16 threads, 14nm e um TDP de 125W, com o clock de 3.80GHz, podendo chegar à marca de 5.10GHz.

A evolução do Intel i7 – primeira e décima gerações

Chegando a toda essa potência é praticamente impossível não associa-lo a um setup poderoso onde todos os outros componentes precisam quase necessariamente segui-lo: Um cooler de ótimo desempenho (um water cooler é recomendado), uma ótima placa de vídeo, uma boa quantidade de memória, uma boa fonte de alimentação e um SSD podem garantir a alta potência desse PC. Com todos acompanhando o processamento é muito difícil haver um gargalo no desempenho.

i7 alto desempenho para gamers

Em nossos primeiros testes utilizamos dois ótimos itens, a placa de vídeo Nvidia GeForce RTX 2060 com 6GB e um cooler para a CPU que geralmente se sai muito bem com processadores mais quentes, mas o nosso i7 10700k pedia por mais e em nossos próximos testes estaremos muito mais bem equipados.

Nos testes com o programa Cinebench R15 o processador de 10ª geração alcançou 2.012 pontos e com o clock em 5GHz em todos os núcleos a pontuação subiu para 2.183 pontos. Depois testamos no Cinebench R20, que é bem mais pesado, e com os mesmos 5GHz ele alcançou 5.164 pontos que foi o dobro de pontos do i7 de 7ª geração.

Nesses testes já percebemos que o processador esquentou bastante, alcançando valores superiores a 90ºC, então decidimos fazer os testes em jogos apenas forçando um pouco o processador e não a placa de vídeo e não foi surpresa em ver a alta performance do i7 sem muito esforço, acompanhe os resultados:
Iniciamos com o Forza Horizon 4, onde a placa de vídeo ficou em 40% de uso e sem forçar muito o jogo chegou a 160 FPS. Gráficos em baixa.

Especificações do CPU i7-10700k

Na sequência, o jogo testado foi o CS GO que muito pouco exigiu da máquina, extremamente leve e chegando numa média entre 280 a 300 FPS.

Já no Warzone o foco maior foi no desempenho do processador, deixando os gráficos na qualidade um pouco mais baixa e o FPS ficou em torno de 130.

No GTA V usando a mesma configuração e como em todos os jogos, foi utilizado o Full HD a média foi de 160/170 FPS e no Battlefield V ficou entre 97 a 120 FPS.

Para fechar testamos o pesado Daylight, jogo de 2014 da Zombie Studios onde o desempenho chegou aos 300 FPS com os gráficos baixos.

Concluímos essa primeira bateria de testes com a conclusão que é um excelente processador, mas que precisa de todo o equipamento acompanhando o seu desempenho, tanto em processamento como na questão da temperatura, com a utilização de um water cooler de bom desempenho e, como foi visto nos testes com os jogos, ele sobrou em processamento e performance.

CORE I7 10700K EM JOGOS SE SAI BEM? CONFIRA:

Leave A Reply

Your email address will not be published.