Placa de Video

Essa RTX 3060 Ti é mais poderosa do que pensei! 4K e Ray Tracing aguenta? Gaming OC PRO

A fabricante GIGABYTE nos enviou para um review a placa de vídeo RTX 3060 Ti, que é um dos modelos de entrada da nova linha RX 30 da Nvidia. Mas será que é tão de entrada assim? Confira.

RTX 3060 Ti
RTX 3060 Ti

Com a nova arquitetura AMPERE para as GPUs de sua nova linha, a Nvidia conseguiu fazer uma revolução não só nas montagens e consumo, mas também em desempenhos e preços, colocando a placa mais simples da nova geração confrontando diretamente com a antiga top de linha da geração anterior, a RTX 2080 Ti.

Detalhe do Backplate robusto
Detalhe do Backplate robusto

O modelo da RTX 3060 Ti – Gaming OC PRO, da GIGABYTE que recebemos é uma excelente representante dessa nova geração, impressionando pelo capricho que vai da embalagem e o cuidado com o armazenamento da peça (incluindo o manual do usuário) até a placa em si, que é muito bem construída, robusta e pesada.

Unboxing RTX 3060 Ti
Unboxing RTX 3060 Ti

As características do modelo Gaming OC PRO da GIGABYTE contam com um clock maior, um ótimo controle do seu RGB, através do RGB FUSION 2.0, o ótimo Windforce que é o cuidado da fabricante com uma melhor ventilação, indo desde uma construção diferenciada de seus fans até a rotação invertida da ventoinha central, gerando uma pressão de ar maior, para melhor resfriamento da placa.

Esse modelo conta com 3 anos de garantia da GIGABYTE.

Placa de vídeo aberta para analise
Placa de vídeo aberta para análise

Abrimos a placa de vídeo e assim foi possível conferir o seu PCB robusto, a qualidade das peças utilizadas e o cuidado com a refrigeração. Ela possui um grande dissipador, três fans, thermal pads nos principais componentes e até uma janela no seu backplate para facilitar a circulação de ar.

Comparativo entre a 3060 Ti e 2080 Ti
Comparativo entre a 3060 Ti e 2080 Ti
Outras características:
  • Nvidia CUDA Cores: 4.864
  • Boost Clock: 1.67 GHz
  • Memória: 8GB VRAM GDDR6
  • Latência da Memória: 256 bits
  • TDP: 200W
  • Litografia: 8 nm
  • PCI Express 4.0 x16
  • Alimentação: 1 conector de 6 pinos e outro de 8 pinos
  • Conectores de vídeo: 2 HDMI e 2 DisplayPort
Placa instalada no PC
Placa instalada no PC

Instalamos a RTX 3060 Ti em nosso PC para os testes, mas antes de iniciar conferimos o seu bonito RGB, sendo controlado pelo software RGB FUSION 2.0.

Customização das cores com o RGB FUSION 2.0
Customização das cores com o RGB FUSION 2.0
Warzone
Warzone em 4K
Warzone em 4K

Para iniciar os testes, colocamos para rodar o competitivo CoD: Warzone com a resolução em 4K, com o Ray Tracing ligado e as configurações gráficas no médio, e assim o exigente e pesado game teve um FPS médio entre 45 a 50 quadros por segundo, com um frametime entre 19 a 22ms.

Forçamos as configurações para o alto, mas com certeza, se o usuário colocar o jogo em Full HD, os FPS aumentarão bastante, ficando mais competitivo.

Conhecido por ser exigente quanto ao setup, o Warzone consumiu 99% da RTX 3060 Ti, ficando com uma temperatura de 78 ºC, tendo o seu VRAM chegando ao limite de 7GB (total de 8GB) e com o detalhe do uso da memória RAM, que teve um consumo acima de 12GB (total de 16GB).

Mas a jogabilidade ficou excelente, com ótimos cenários e sem qualquer travamento ou engasgos.

Fortnite
Fortnite - 4K e muitos FPS
Fortnite – 4K e muitos FPS

Na sequência rodamos o muito pedido Fortnite, sendo mais um game competitivo, onde colocamos a resolução em 4K, renderização 3D em 100% e as configurações gráficas no médio e os FPS giraram em torno dos 180 a 200 quadros por segundo, com um frametime muito baixo e liso em 5ms. O jogo ficou muito fluido e com excelente jogabilidade.

A RTX operou em 97% de uso, com uma temperatura de 78 ºC e a memória VRAM ficou com uma média de 3GB.

Forza Horizon 4
Forza Horizon 4
Forza Horizon 4

Para encerrar, colocamos o ótimo Forza Horizon 4 e mais uma vez usamos a resolução em 4K, com as configurações gráficas no alto e os FPS ficaram em 110 quadros por segundo, com um frametime estável em 9ms. Ótimos cenários, com excelente jogabilidade.

A RTX 3060 Ti foi bem solicitada, trabalhando em 98% de uso, mas a sua temperatura ficou numa média menor, em torno dos 60 ºC e o consumo de VRAM permaneceu no patamar dos 4GB.

Benchmark entre a RTX 2080 Ti e a RTX 3060 Ti
Benchmark entre a RTX 2080 Ti e a RTX 3060 Ti

Apesar da top de linha da geração anterior, a RTX 2080 Ti, ter os seus 11GB de VRAM, TDP de 250W e uma latência de memória superior (352 bits), a RTX 3060 Ti, sendo uma placa de entrada, se equipara em desempenho, mostrando toda a sua evolução tecnológica.

RTX 3060 Ti na Newegg
RTX 3060 Ti na Newegg

Como o mercado brasileiro tem valores muitas vezes irreais, fomos até a loja americana Newegg para conferir os valores de ambas as placas, sendo uma incrível diferença de preços, ficando o custo da antiga RTX 2080 Ti no patamar de US$ 1.759,99 e a nova placa de entrada em seus US$ 499,99.

RTX 2080 Ti na Newegg
RTX 2080 Ti na Newegg

ESSA RTX 3060TI É MAIS PODEROSA DO QUE PENSEI! 4K E RAY TRACING AGUENTA? GAMING OC PRO

Qual sua reação?

TOP
0
Feliz
0
Amei
0
Não sei
0
Não gostei
0
José Antonio Rubino
Formado em Eletrônica. Trabalha com tecnologia desde os anos 90 e também faz trabalhos voltados ao jornalismo, participando por exemplo do primeiro CD-ROM da revista Exame. Participa do programa OgroTech de tecnologia da web rádio Opção News da grande São Paulo.

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    0 %